Um fim ainda improvável

Mais de mil casos de Ebola foram confirmados na República Democrática do Congo (RDC) desde agosto de 2018, mas a epidemia ainda está longe de acabar.

Apesar de a atual resposta ao Ebola na RDC contar com novas ferramentas médicas — como vacinas e tratamentos promissores —, a crescente desconfiança da comunidade e os ataques a centros de tratamento e instalações de saúde atrasam e dificultam o combate à doença. (Foto: John Wessels)

 

Profissionais vestem o equipamento de proteção contra o Ebola. Em fevereiro de 2019, ataques nos forçaram a deixar as cidades de Katwa e Butembo, epicentro do surto. Porém, nossas equipes continuam ativas em vários locais das províncias de Kivu do Norte e de Ituri. (Foto: Alexis Huguet)

Compartilhe
Toda ajuda é muito importante para nós